Thursday, February 22, 2007

Iwo Jima

Interessante o post do Luiz Felipe Alencastro sobre a resenha do filme do Clint Eastwood sobre Iwo Jima que saiu no Libération. Aparentemente, no esforço de ser equilibrado com os japoneses, Eastwood acabou apresentando os japoneses como gente boa demais, esquecendo as campanhas militares na Coréia, etc. Mas é aquele negócio: se o cara tivesse feito o filme mostrando as atrocidades na Coréia, alguém ia dizer "Mas e os milhares de mortos de Hiroshima?", e alguém ia responder, "E os mortos na China?", e a coisa não acabava nunca.

A propósito, já que vocês vão lá no blog do LFA, não deixem de ver os posts sobre o Marx, bem interessantes.

2 comments:

Ed said...

Pelo menos nos créditos finais ele colocou o hino da marinha japonesa (mesmo que só como "aftertought"), um dos mais bonitos que eu já ouvi.

Inclusive um maluco já botou a cena no Youtube (tirada do cinema com handcam). É só copiar e colar o link no navegador.

http://www.youtube.com/watch?v=tlC9Y6R18oo

Na Prática said...

Rapaz, fui ver, bonito pra caramba!