Sunday, June 05, 2005

Ainda isso

Diz a lenda que no início dos anos 90, Marco Aurélio Garcia (PT) e Leôncio Martins Rodrigues (PSDB) debatiam na televisão. A certa altura o tucano pergunta: ‘Mas, Marco Aurélio, quando é que o PT vai admitir que é social-democrata?’. E o petista responde: ‘E o PSDB, quando vai admitir que não é?’.

3 comments:

Jair said...

Também diz a lenda que um dia o Marco Aurélio Garcia estava despachando com alunos que solicitavam matrícula na sua disciplina na Universidade de Campinas (UNICAMP) e depois de várias assinaturas disse: "Esses garotos todos querem meu autógrafo." Ao que um aluno respondeu: "Nada professor, agente recolhe três assinaturas suas pra trocar por uma do Prof. Sidney Shaloub

Renato Aloizio de Oliveira Gimenes said...

A lenda, na verdade, aconteceu, mas ao contrário: O Orivaldo (pois é...) teve sua bolsa de orientação científica sob responsabilidade do Sidney, enquanto o orientador de fato, o Ítalo Tronca (St. Anger Batman!!!) estava no exterior.

O Sidney Chalhoub, com seu ego habitualmente inflado, soltou esta pérola enquanto assinava os relatórios de seus orientandos: "- Pois é, todos querem o meu autógrafo..."

E o Oriva pediu dois "autógrafos" para o Sidney pois, segundo ele, dois autógrafos do Sidney estavam valendo um do Marco Aurélio Garcia na cotação do mercado de egos do IFCH...

Celso said...

O Renato tem razão, a história está ao contrário, mesmo.