Sunday, June 05, 2005

Ainda Unger

Aliás, se alguém quiser ler uma coisa bonita (em inglês), cheque ‘The Self Awakened’, rascunho disponível na página do Mangabeira (pois é, rapaz, em Harvard). Aí vai a tradução (por este seu humilde servo) de um trecho especialmente inspirado, a exortação final:

A imaginação acima do dogma, a vulnerabilidade acima da serenidade, a aspiração acima da obrigação, a comédia acima da tragédia, a esperança acima da experiência, a profecia acima da memória, a surpresa acima da repetição, o pessoal acima do impessoal, o tempo acima da eternidade, a vida acima de tudo.

Não é fraco, não, o sujeito. Se seria bom presidente, não sei, mas é bom escritor.

2 comments:

chubaka said...

Fala sério mesmo!!! O cara vai acabar se tornando mais um comentarista da Globo! Bem vindo ao mundo blogal!!!

Japajato said...

d+!!! É, não é fraco mesmo.